Os “Verdadeiros Amigos” I: palavras que significam o que parecem